LIRA

by Simples Rap'ortagem | 10:09 in |

Autoria: Jorge Hilton

Sonhos não envelhecem, fatos falam por si

Estranhou a Simples Rap’ortagem ainda por aqui?
Pode crer, se manter a 13 anos no jogo
Ta no sangue de quem herda a resistência de seu povo
Se pensou que era novo não deixa de ser
Nunca ouviu, quem se renova tende a permanecer
Se sentiu firmeza é porque é verdadeiro
Um guerreiro nunca se apega ao que é passageiro

O hip-hop contra ataca o sistema não entende
Esperava as mesmas armas pela qual nunca se rende
Olhou, não viu, escutou sem ouvir
Quando menos espera oh quem surge por aqui

A energia não se perde se transforma no espaço
A cada passo eu me critico, me refaço
No compasso do rap, cangaço, nordestino
Ritmo e poesia eis o nosso hino
Canto falado que deixa a maldade maluca
É como rapadura, dura mas tem açúcar
Escuta a reportagem se o arrepio te tocar
Se a vontade de escutar de novo te dominar
Acaba de ganhar a chance de entender
O rap, sua força de expressão, seu poder